Arte e Cultura

02/02/2017 10:42

Secretário de Cultura Esporte e Turismo se reúne com trade local e lança FIT 2017

A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo, representada pelo secretario, Renato Anselmo Vilela, e o adjunto de turismo, Marcos Fabrício, participaram nesta segunda-feira (30), de reuniões a fim de discutir o desenvolvimento do turismo na Capital.

As ações voltadas ao fomento do turismo começaram com a participação de ambos os secretários no lançamento da FIT 2017 (Feira Internacional do Turismo do Pantanal) e seguiu com uma reunião com o ‘Trade’ Turístico do Estado. O encontro contou com a participação do secretário-adjunto de Desenvolvimento do Turismo da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Luiz Carlos Nigro, e do superintendente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Mato Grosso (Sebrae-MT), José Guilherme Barbosa Ribeiro, e demais autoridades.

De acordo com uma resolução da Organização das Nações Unidas (ONU), 2017 deverá ser conhecido como “Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento”.  Seguindo esse tema, Mato Grosso terá a oportunidade de mostrar sua visão de desenvolvimento sustentável no turismo para as regiões do Pantanal, Cerrado, Amazônia e o Araguaia, e ainda apresentar um Estado diferenciado nas manifestações artísticas e culturais, incluindo a moda e produtos da agricultura familiar, artesanato e a gastronomia. 

“O estado e município devem funcionar juntos, como um catalizador de forças. Pois uma cidade boa para o cidadão será uma cidade boa para o turismo. E Cuiabá é o ponto de chegada. A administração anterior fez um excelente trabalho, mas acredito que prefeito Emanuel Pinheiro fará o mesmo, ou melhor,” reforçou Nigro.

O Trade, representado pela ABIH – Associação Brasileira Indústrias de Hotéis - e pelos demais setores, entre eles bares e restaurantes, acreditam não somente no potencial de todo o Estado e da Capital, bem como aguarda a reativação do Conselho Municipal de Turismo.

De acordo com Marcus Fabricio, a cidade que tinha 5 mil leitos de hospedagem antes da Copa do Mundo, chegou a ter 13 mil durante o evento. Agora passa por um momento de recessão econômica, começando a perder novamente o que havia sido conquistado pelo Trade local.

“Temos que criar atrativos turísticos, para seduzir quem vem fora do Estado, como também o turista do interior, que vem passar o fim de semana aqui. Criaremos um CAT (Centro de Atendimento ao Turista) atuante e formatado para que o mesmo modelo possa viajar para as feiras e eventos nacionais e internacionais. Temos também novos projetos encaminhados como, por exemplo, a Orla do São Gonçalo Beira Rio, que deverá seguir o mesmo padrão da Orla do Porto,” reforçou Fabricio.    


Bem Notícias

Diretor Geral
Zied Coutinho

Titulo fixo

Facebook

Bem Notícias - © Copyright - 2016 - Todos os direitos reservados

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo